segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Onde Chegaremos?


Bom Dia meninos!


Onde queremos chegar?
Voce se aprofunda o suficiente para dominar determinado assunto, ou estudo no instrumento?
Eu confesso, que nao consegui ainda!
Queremos ser o Dave Weckl, o Vinnie Colaiuta, o Steve Gdd, ou um desses mais novos que dispontam no cenario.
Queremos ser um pouco de cada um deles e nos esquecemos do principal:
Continar caminhando até o final daquela estrada que escolhemos.
E ai, no primeiro desvio, ja mudamos de rota.
O Foco existe, esta ai, continuamos a buscar a evoluçao mas,
Nao nos aprofundamos nestas vias de evoluçao.
Eu honestamente falando, e sem medinhos
Sou um exemplo real diss0
Sou um camaleåo mal feito
Pois, toco samba, toco salsa, toco jazz, toco ritmos brasileiro mas, mesmo sabendo este conglomerado de caminhos, ainda nao atingi meu apice e, detalhe
O TEMO  que tinha aos vinte anos, ja se perdeu pelo menos na metade em frases que disse, como:

Isso é legal, vou guardar pra estudar depois
Poo, isso é legal, vou dar um tempo nisso que estou estudando e vou pegar esse lance novo, é rapidinho!

Caraca, preciso aprender a fazer a virada que o cara faz nessa música, é foda!
(Detalhe: nunca tocarei esta música na VIDA REAL)


TEMPO:
ainda temos mas, o que nao temos é uma estrada definida para seguirmos.
Preferimos os atalhos, o cortar caminhos,
o mais fácil, o incompleto, ou pagamos uma nota preta pra nos ensinarem c aminhar, sendo que temos pernas e ja sabemos fazer isso.

Nada contra quem o faz, mas
digo a voces
nåo façam como eu fiz
hoje tenho 45 anos,
Quase 30 anos como profissional da música e sabem quais metodos eu conclui de verdade?
Apenas o POZZOLI, os outros eu mexi, compreendi e nao os terminei.
E tem mais gente assim por ai mas, o que interessa pra mim, sou eu e dizer amanha verdade!
Poo, Mas isso é legal Nene!
Voce conseguiu evoluir!
É considerado um Mestre, é um Educador, tem respeito, reconhecimento, carinho e acima de tudo é Formador de Opniåo

Calma lá, (kkkkk)
Reconheço que evolui,
Reconheço que existe o lado bom nesta caminhada mas...

Será que se tivesse ido até o fundo mesmo com determinado assunto eu nao teria evoluído mais?

Vou citar outro exemplo
Quando o Horacio Ël Negro"Hernandez lançou aquel livro sobre claves
De imediato tive acesso ao material
Dei umas folheadas e pensei

Caramba, nao tenho tempo pra perder estudando pagina por pagina, preciso ser mais rapido
Sabem o que fiz, me virei e me aprofundei no suficiente pra resolver minha situaçao
Fiz certo? Nao sei
Pra muitos errei, e para outros muitos fiz o certo sim!

Talvez hoje soubesse muito mais se tivesse estudado o livro inteiro, chegado ao final da história

Mas,
Vivemos num mundo tao robotizado, tao imediatista que perdemos a noçao de degustar os detalhes, de aprofundarmo-nos na paciencia e nos presentearmos com a descoberta mais real das coisas

Poxa, pago um sapo tremendo pro meu amigo
Flavinho Lima, (sem inveja) o
O cara concluiu uma Faculdade de Música, ou seja, ele começou uma esstrada e foi até o final dela.

Entendem  que digo?

Por isso o titulo deste texto é uma indagação!

Precisamos
(FALO DE MIM TAMBEM)

Começar algo e irmos até o final dele.
Me refiro ao todo agora, nao apenas aos estudos de Música.

Lembro a certo tempo, num dialogo que haviam alguns colegas preocupados e deixar um legado, que precisavam e se preocupavam com isto.

Estao errados?

NAO!


Mas,
Se continuarmos a nao nos aprofundarmos nos assuntos aos quais nos disponibilizamos a fazer, deixaremos um legado como uma colcha de retalhos.

Estes caras são exemplos pra mim:
O Braulio é um exemplo, ele é capaz de escolher uma estrada e ir até o final dela, o D'Aloia, o Lauro Lellis, O Flavinho (ja citado acima)
Por que?

Todos concluiram seus projetos.
O Lauro acabou de lançar um puuuuuta livro de Samba,
O Braulio lancou um LIVRO, um DVD, e esta começando um outro projeto que log nos trará o resultado.

O meu amigo alienigena italiano, ALESSANDRA D'ALOIA, ja gravou e lançou vários CDs, Livros e acabou de lançar seu site.

Entendem o que digo?
Bem, pra terminar esse imenso solo...

"Precisamos nos jogar profundamente em nossos objetivos, só desviarmos nossos olhos dele para contemplar os detalhes do caminho"

Tenho plena certeza que no final da estrada, mesmo que demore...
Teremos o prazer de dizer ou gritar aos ventos


EU CONSEGUI!

Bom Dia meus amores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário